Sobre Sara Bentes

Conheça aqui um pouco mais da trajetória artística da Sara! Videorelease: Clique aqui!

Sara Bentes nasceu em Volta Redonda – RJ, em 1 de Abril de 82. Nascida em uma família grande e bastante envolvida com as artes, ela demonstrou desde cedo seus talentos artísticos. Sempre incentivada pelo pai, músico e escritor, Sergio Bentes, e pela mãe, professora, Elenita Magalhães, cresceu cercada de música, literatura e desenho.

Mesmo com a visão reduzida pelo glaucoma congênito, Sara se destacou no desenho, e durante a adolescência teve seus quadros em exposições na cidade do Rio de Janeiro e no interior do estado. Mas, paralelamente, ela se desenvolvia rapidamente na música, que, sem dúvida, veio a se tornar o seu caminho principal. Atualmente, já sem qualquer percentual de visão, Sara não desenha mais.

Música

Aos 13 anos, Sara canta pela primeira vez em público, no coral do colégio Macedo Soares, onde estudava. Ali, sob a regência da maestrina Regina de Sá, é seu primeiro contato com técnicas de canto. A partir daí, ela não para de cantar e de se aprimorar no canto; seguiu cantando com o pai e com a irmã em festivais de música e festas de todo tipo, cantou no coral municipal de Volta Redonda, cantou no coral da CSN – Companhia Siderúrgica Nacional, tornou-se uma das cantoras solistas da orquestra da CSN, sob a regência do maestro Marcelo Jardim, onde dividiu o palco com artistas como Flávio Venturini, Guilherme Arantes e Gilberto Gil. Simultaneamente, Sara estudava piano clássico e popular, teoria musical, harmonia funcional, oboé e vários cursos livres de outros instrumentos.

Aos 19 anos, Sara passa 3 meses na Itália, cantando Vivaldi no coro do Festival de Música Antiga de Magnano. 2 anos depois, aos 21 anos, Sara recebe o prêmio internacional Rosemary Kennedy to Young Soloists, e canta no show de premiação, no Kennedy Center, em Washington DC – E.U.A.
O prêmio lhe abre outras portas internacionais; no mesmo ano de 2003 Sara canta no Festival de Músicos con Capacidades Especiales, na cidade de Córdoba, Argentina, evento no qual ela volta a se apresentar por mais 2 vezes, em 2007 e 2013.

Em 2004 Sara volta aos Estados Unidos, dessa vez para cantar em um congresso promovido pelo BID – Banco Interamericano de Desenvolvimento.
No ano de 2005 Sara volta à Itália, agora para se apresentar no Festival Internazionale delle Abilità Differenti, em Módena.
Depois de vários prêmios de melhor intérprete ao longo de sua trajetória até aí, é neste mesmo ano de 2005 que Sara ganha seu primeiro prêmio como compositora, com sua canção “O Mundo Fala”, primeira colocada no concorrido Femuvre – Festival de Música de Volta Redonda, que recebia compositores de todo o Brasil. A partir daí, Sara começa a se consolidar também como compositora. No mesmo festival, Sara participa também do segundo lugar, que foi pro choro “Atrevida”, de Guido de Castro e Lais Amaral, interpretado por ela.
Desde então, a cantora e compositora Sara Bentes vem construindo sua carreira com experiências na música clássica, na música popular, no samba e no choro, na música internacional e na música infantil. Além de shows pelo Brasil, Sara coleciona participações em CDs de outros artistas e em programas de rádio e TV, como o programa Fantástico, rede Globo, a novela América, rede Globo, o programa Ação, rede Globo, o programa Raul Gil, SBT, o programa Todo Seu, de Ronie Von, TV Gazeta, e muito mais.

Teatro

Buscando aprimorar sua expressividade e postura no palco, Sara procura o teatro. Iniciou alguns cursos livres quando criança, participou como cantora de diversos musicais em sua região, cursou teatro musical na CAL – Centro de Artes de Laranjeiras, mais tarde voltou a estudar teatro após ganhar uma bolsa no curso de Marcelo Soares, em 2005, até finalmente, no ano seguinte, atuar pela primeira vez como atriz profissional na peça “Do Banquete ao Piquenique”, de Analu Palma, no Rio de Janeiro – RJ.
Em 2009 Sara atua e canta na peça/cortejo “Cantos de Euclides”, na FLIP – Feira Literária de Paraty, com o Coletivo Teatral Sala Preta.
Mas, é somente em 2010 que sua carreira como atriz se intensifica, após ela concluir 2 cursos/montagem na Oficina dos Menestreis, sob a direção de Deto Montenegro, em São Paulo – SP, rodar diversas cidades dos estados de São Paulo e Rio de Janeiro com os musicais “Filhos do Brasil”, de Oswaldo Montenegro, e “Good Morning Mixtureba”, de Deto Montenegro, e ingressar no Teatro Cego, com o qual, desde 2012, apresenta as peças “O Grande Viúvo”, de Nelson Rodrigues, e “Acorda Amor”, de Paulo Palado.
No início de 2014, Sara é convidada pela cia. internacional de teatro Arte Livre a representar Helen Keller na peça “O Milagre de Anny Sulivan”, convite que Sara lamentou recusar por incompatibilidade de agenda.

Sara é atriz com DRT, registrada no número: 0048670/RJ.

Dança

Sara sempre esteve ligada à dança, trazendo experiências na dança do ventre, ballet clássico, dança de salão e dança contemporânea. Em 2007, por meio da diretora e atriz Analu Palma, Sara conhece Angel Vianna, que lhe oferece bolsas de estudo em sua escola e faculdade de dança. E é ali que Sara, por 2 anos, aprofunda seus estudos na dança e na consciência corporal. Desde 2012, Sara mantém sua prática de dança na academia República do Movimento, em Volta Redonda.

Circo

A partir de uma performance de dança do ventre feita por Sara na VII Mostra de Artes Albertina Brasil, no estado de Sergipe, em 2013, ela é convidada a integrar o espetáculo de circo “Belonging”. De Novembro de 2013 a Março de 2014, Sara se prepara na escola de circo Crescer e Viver, no Rio de Janeiro, dedicando a maior parte de sua prática à lira, aparelho aéreo com o qual sente mais afinidade. Em Abril de 2014, Sara estreia no circo com o espetáculo “Belonging”, em Londres – Inglaterra, espetáculo reapresentado no Rio de Janeiro e em São Paulo, em maio do mesmo ano.

Trabalhos lançados

Em 2010 Sara lança o blog Boca no Mundo, onde publica poemas e crônicas contando suas aventuras do dia a dia, suas reflexões, os bastidores de seu trabalho e muito mais. http://sarabentes.blogspot.com.br/

Em 2011 Sara lança seu primeiro livro, de poesias, intitulado “Fotografias Poéticas de um Olhar Viajante”, pelo Clube de Autores. O livro é vendido online no link: https://clubedeautores.com.br/book/41451–Fotografias_poeticas_de_um_olhar_viajante

Em 2012, ao lado do pai Sergio Bentes e de outros compositores e músicos amigos, Sara lança o CD infantil “Faz Sempre Sol”. O trabalho é vendido nas livrarias Veredas e Girassol, ambas em Volta Redonda, e online no link: http://www.sarabentes.com.br/page/loja/

Em 2013 Sara lança o livro de crônicas “Quando Botei a Boca no Mundo”. O livro é vendido nas livrarias Veredas e Girassol, ambas em Volta Redonda, e online no link: http://www.sarabentes.com.br/page/loja/

Em 2013 Sara lança, como projeto paralelo, o CD “Em Frente ao Planeta”. O disco é vendido na livraria girassol, em Volta Redonda, e online no link: http://www.sarabentes.com.br/page/loja/

Ao longo de sua trajetória, Sara vem lançando diversos vídeos e clipes musicais, que estão reunidos em: https://www.youtube.com/channel/UCJqjeX0rRebK9koBA4eEH-w

Além das músicas incluídas nos CDs lançados, Sara publica diversas canções, entre composições próprias e regravações, em seu canal de música: https://soundcloud.com/sarabentesoficial

Back to top