Literatura

 

Sara, além de letrista, escreve poemas, crônicas, contos e romances. Lançou em 2011 seu primeiro livro, “Fotografias Poéticas de um Olhar Viajante”, de poemas. E acaba de lançar em 2013 o livro de crônicas “Quando Botei a Boca no Mundo”. Confira as sinopses dos dois trabalhos:

Capa do Livro Fotografias Poéticas

 

Fotografias Poéticas de Um Olhar Viajante reune 40 poemas (ou prosa poética) de Sara Bentes. O livro é sua estreia oficial na literatura e nasceu para compartilhar ricas vivências transformadas em poesias. Ao longo de viagens a 10 diferentes países, ou simplesmente de uma viagem em pensamento, nasceram registros de experiências bastante peculiares, de grandiosas paisagens, sentimentos e sensações, desejos, devaneios, descobertas, saudades de outro país e muito amor pelo Brasil, bem como por seres humanos, pela vida. Essas fotografias poéticas fazem do leitor um cúmplice companheiro de uma viagem livre do tempo e do espaço, onde o “olhar” é muito mais que somente a observação visual, e não se contenta com apenas ver, mas sim viver a poesia, uma viagem onde todos os sentidos são provocados, onde novas reflexões e tantos sentimentos são despertados. Certamente o leitor que decide embarcar na poesia de Sara Bentes, não chega o mesmo ao fim da viagem.
Adquira o seu, em versão impressa ou digital, neste link: www.clubedeautores.com.br/book/41451–Fotografias_poeticas_de_um_olhar_viajante

 

Quando Botei a Boca no Mundo
Quando Botei a Boca no Mundo

O que passa na tela mental de uma pessoa que não enxerga mais? Em quê encontrar graça e alegria pra encarar os novos desafios e ressignificar as “perdas”? Que piada fazer dos próprios micos e enganos? Como reagir às perguntas mais esdrúxulas e aos comentários piegas sobre a deficiência? Por que não sonhar com um invento tecnológico que permita a pessoas cegas a paquera e a troca de olhares? Como se comunicam uma pessoa cega e outra surda? Que adaptações fazer para uma moça que acaba de perder a visão continuar atuando como apresentadora e repórter de um telejornal? Como é a vida de uma viajante cega pelos metrôs e ruas de uma metrópole como São Paulo? qual a melhor maneira de abordar e ajudar uma pessoa com deficiência? Tudo isso Sara Bentes, uma jovem artista, dinâmica e cheia de projetos, passa a aprender e ensinar logo após viver, aos 27 anos, o seu, como ela própria diz, “apagão”. Os diálogos consigo mesma, as superações e dificuldades, as situações pra lá de inusitadas e histórias pitorescas que vivencia ao lado de Izadora, sua bengala lilás, ela transforma em crônicas divertidas e instrutivas, informando, minimizando preconceitos e aproximando diferentes realidades. Quando Botei a Boca no Mundo é uma reunião dos textos originalmente publicados no blog Boca no Mundo, criado por Sara em 2010. O livro traz olhares novos e positivos sobre diversos temas e é uma leitura leve e gostosa para todas as idades.
Adquira o seu, em versão impressa ou digital, neste link: http://www.sarabentes.com.br/page/loja/

Back to top